Ao longo dos anos, a forma como o gerenciamento das lojas tem sido realizado sofreu profundas mudanças. Isso, porque, diferentemente do que ocorria há um tempo, a gestão varejista torna-se, cada vez mais, automatizada por meio da incorporação de um sistema de gestão de loja (software).

Quer entender melhor o que é um sistema ERP? Qual a sua importância no bom desempenho dos departamentos e como a tecnologia pode alavancar os resultados empresariais? Então, continue conosco neste post!

Conceito de sistema ERP

O Enterprise Resource Planning (ERP) ou, em tradução literal, planejamento de recursos da empresa é um sistema de gestão de automação. Esse software foi desenvolvido com o objetivo de gerenciar e processar uma diversidade considerável de informações sensíveis das companhias, além de auxiliar nas tarefas de rotina.

Assim, de acordo com as funcionalidades que melhor atendam à realidade empresarial, empreendedores conseguem obter uma visão mais ampla sobre, por exemplo:

  • o número de vendas ao longo do mês;
  • aumentos e quedas nos faturamentos;
  • desperdícios;
  • feedbacks de clientes.

Mas esses são só alguns dos benefícios do sistema ERP.

Importância do sistema de gestão de loja

Essa ferramenta tecnológica oferece uma gama de funcionalidades que, quando integradas e adequadamente utilizadas pelos colaboradores, podem alavancar a produtividade e a lucratividade das lojas. Nesse sentido, na sequência confira como esse software pode influenciar cada um dos setores!

Estoques

Controle manual do número de peças, incorporadas à armazenagem, e recontagem periódica dos produtos são medidas que demandam bastante tempo e energia dos colaboradores. Por isso, o sistema ERP pode agilizar esses registros de chegada e de saída de cargas por meio de leitores de código de barra integrados ao software com total segurança.

Vendas e clientela

Em consequência desse maior controle e precisão nos estoques, o sistema ERP também pode ser utilizado pelos colaboradores para verificar, em poucos segundos, sobre a disponibilidade de produtos de interesse dos clientes, sem a necessidade de revirar todo o estoque.

Além disso, reposições de peças tornam-se mais eficientes, porque conseguem ser realizadas a tempo por meio de notificações pelo próprio sistema, quando alguns produtos estiverem em falta. Sem esquecer que a automação também viabiliza um contato mais personalizado com cada um dos clientes na fase pós-venda.

Financeiro

A correta implantação de um software de gestão é capaz de auxiliar empreendedores na avaliação mais assertiva de dados, por exemplo, sobre a variação real do volume de entrada e saída dos produtos de acordo com cada período sazonal. Isso facilita bastante a identificação e resolução de prejuízos e desperdícios.

O sistema também aprimora e agiliza o controle de finanças com as despesas operacionais, as folhas de pagamento e as obrigações fiscais. Dessa forma, as datas de vencimento dessas dívidas não são esquecidas, e a incidência de multas é evitada.

Aumento no desempenho dos setores

À medida que os dados são inseridos pelos funcionários, relatórios gerenciais podem ser processados contendo uma série detalhada de indicadores de desempenho. Tais informações orientam empreendedores e gestores na tomada de decisões mais certeiras a fim de se eliminar gargalos e falhas presentes nas operações internas dos setores.

Portanto, a implantação de um sistema de gestão de loja, inegavelmente, impacta nos resultados, visto que viabiliza a melhoria produtiva dos diversos setores dos negócios. Afinal, antes manuais, as tarefas de rotina e gerenciamento conseguem ser agilizadas com total segurança via a automação da administração.

Interessante, não é mesmo? Quer conhecer mais de perto todas as funcionalidades e vantagens de um sistema de gestão de loja? Então, entre em contato conosco.