Saber o que é TEF e como esse sistema funciona pode ser um grande diferencial para lojas que desejam melhorar seus resultados, ter maior controle financeiro, gerar mais negócios e, consequentemente, aumentar seus lucros.

Isso porque a Transferência Eletrônica de Fundos — TEF — contribui para a ampliação do leque de opções de pagamento, o que traz resultados bastante positivos, uma vez que muitas pessoas tem preferido pagar suas compras com cartões de crédito e débito ao invés de outras modalidades como dinheiro e cheques, etc.

Neste artigo, vamos falar sobre a TEF e sua importância para os varejistas que desejam melhorar o faturamento e se manterem firmes diante da competitividade do mercado. Confira!

O que é TEF?

A TEF corresponde a um sistema de viabilização de pagamentos e transações financeiras de maneira eletrônica e permite que os clientes realizem essas operações com cartão, de maneira segura e rápida.

Atualmente, muitas empresas têm optado por realizar o pagamento de suas compras com cartão de crédito e/ou débito, por isso, o TEF é uma maneira de o lojista se adaptar a essa preferência, evitando assim a perda da venda.

Além de ampliar as formas de pagamento, o sistema TEF também possibilita a oferta de serviços adicionais como a venda de recarga para celulares e, até mesmo, o pagamento de contas via correspondente bancário.

Quando comparado ao pagamento via Ponto de Venda (POS), que nada mais é do que as famosas maquininhas de cartão, o TEF também é mais vantajoso, uma vez que atende diferentes bandeiras no mesmo equipamento, enquanto que, com o uso das maquininhas, pode ser preciso mais de uma.

Como a TEF funciona?

A TEF funciona a partir de uma tecnologia que possibilita a comunicação entre o estabelecimento comercial e as empresas que administram os cartões. Esse processo é feito diretamente do caixa do comércio, ou seja, o processo de verificação e transferência é feito de maneira integrada com próprio sistema do estabelecimento, em apenas alguns segundos.

Isso garante que não haja interferência do operador no processo, reduzindo a possibilidade de ocorrência de erros de digitação ou fraudes que podem causar prejuízo para o lojista.

A TEF também tem a vantagem de aceitar diversas bandeiras de cartão, além de possibilitar o pagamento a prazo, com tickets, parcelamento etc.

Em alguns estados, o uso da TEF é obrigatório para realizar pagamentos via cartão, por isso, é importante ficar atento à legislação vigente.

Quais as principais vantagens da TEF para as empresas?

A TEF é indicada principalmente para varejistas que têm um grande fluxo de clientes, uma vez que apresenta muito mais segurança e confiabilidade no processo de vendas. Ela é, certamente, uma ótima oportunidade para automatizar os processos do negócio e melhorar os resultados apresentados. Entre as principais vantagens da TEF estão:

  • gerenciamento efetivo das operações com cartões de débito e crédito;
  • possibilidade de melhor negociação de taxas junto às operadoras de cartão;
  • ampliação do leque de opções de pagamento para o cliente, sem necessidade de aquisição de mais equipamentos;
  • agilidade no pagamento devido à integração direta com o sistema da loja;
  • controle das vendas por cartão e mais precisão nas informações de valores vendidos;
  • possibilidade de uso de relatórios gerenciais para acompanhamento das formas de pagamento em cartão;
  • economia para o estabelecimento que utiliza mais de uma Maquininha POS (pois a mensalidade da TEF é menor), por aceitar um número grande de cartões — bandeiras locais, nacionais, internacionais, private label, recargas, entre outras. O número de bandeiras de cartão aceitas pode chegar a mais de 200 opções diferentes.
  • facilita a conciliação de vendas e não requer que o lojista faça diariamente estoques de comprovantes de cada transação, para posteriormente digitar em sistemas auxiliares e/ou no sistema de automação;
  • monitoramento das vendas e dos recebíveis por meio de informações integradas aos sistemas de vendas, recebimento e pagamento dos adquirentes e instituições financeiras;
  • maior segurança para o lojista, já que a TEF é integrada ao sistema de automação, não permitindo que sejam digitados diferentes valores de venda e de pagamento;
  • possibilidade de o lojista contratar de mais de um adquirente e empresas financeiras que disponibilizem seus serviços no TEF;
  • maior disponibilidade e capacidade de processamento, uma vez que a internet é acessível em um estabelecimento comercial;
  • escolha automática da operadora de cartão que tem as taxas mais competitivas para o cartão apresentado pelo cliente.

Neste artigo, falamos sobre o que é TEF e como ela pode fazer a diferença para a otimização dos resultados e diminuição do risco de fraudes em compras realizadas por cartões de débito/crédito. É muito importante que o lojista esteja sempre bem informado e pesquise, dentre as opções apresentadas, qual a melhor alternativa para a sua empresa. A ID Brasil Sistemas oferece a solução TEF integrada em seu sistema de gestão. Clique aqui e saiba mais.

Gostou do nosso artigo? Então nos siga nas redes sociais — Facebook, Instagram, Linkedin, Twitter, YouTube e Google + — e fique por dentro de todas as nossas novidades.