Se não cumprirem as exigências do fisco, as empresas estarão sujeitas a algumas penalidades. Apesar de saberem disto, muitos donos de empresas procuram formas de driblar a fiscalização e não andarem em dia com suas obrigações, em busca de vantagens financeiras.

Para evitar surpresas indesejáveis e que trazem riscos para seu negócio, o correto é ficar em dia com o fisco, cumprindo todas as suas obrigações. Quer conhecer esses riscos e saber como proceder para andar em dia com a Lei? Confira!

Quais os riscos de não andar em dia com o Fisco?

Existem alguns riscos para quem não ficar em dia com fisco:

Multas

A empresa poderá ser multada e o fisco (representado pela Receita Federal ou Secretaria da Fazenda – Estadual ou Municipal),  aplicará a multa conforme o tempo da dívida.

O contribuinte pode também apresentar espontaneamente ao fisco eventuais irregularidades, e neste caso, acaba sendo beneficiado com descontos na multa, que pode variar de acordo com a esfera e a irregularidade cometida, e tem ainda que pagar os impostos atrasados, com as devidas correções monetárias.

Quando as irregularidades são descobertas pelo Fisco, são aplicadas multas e o contribuinte ainda tem que arcar com os impostos atrasados, que são corrigidos, normalmente pela taxa Selic.

Negativação da empresa

Em caso de sonegação, o fisco poderá também negativar sua empresa, impedindo-a assim, de usufruir de benefícios fiscais e financiamentos, além de ficar impedida de participar de licitações. A empresa só poderá recuperar esses direitos se regularizar sua situação, quitando a dívida.

Pena de prisão

É isso mesmo! O contribuinte que sonegar os impostos e ficar comprovada sua intenção de lesar a arrecadação de tributos poderá ficar detido no sistema prisional e terá que pagar o imposto devido com multa e correção. Sendo que nesses casos a multa pode variar de 150% a 300%, acrescidos de juros calculados pela taxa Selic.

Como ficar em dia com o fisco?

Caso você queria ficar em dia com o fisco e ainda economizar no momento de pagar impostos, fique atento a essas dicas:

Cuide de todos os registros

Registre os movimentos financeiros da sua empresa. Todos os valores devem ser devidamente registrados. Não se esqueça de arquivar todas as notas fiscais de compras de produtos e equipamentos, para comprovar a origem de suas mercadorias ou serviços, além das notas fiscais emitidas e os comprovantes de pagamento de despesas. Após fazer todos esses registros, coloque todos esses valores, de forma organizada, em uma planilha.

Isso facilitará o trabalho dos contadores, que são responsáveis por cuidar da parte financeira e tributária.

Contrate uma empresa que desenvolva sistemas na área de gestão

Os empreendedores entendem bem como fazer negócios e fechar vendas, mas quando o assunto é a criação de um sistema para facilitar o controle fiscal e tributário, o ideal é contratar uma empresa especializada no assunto. Assim, seu negócio estará em boas mãos, com profissionais capazes de organizar e facilitar o trabalho dos administradores facilitando uma boa gestão.

No caso do SPED, sistema digital do governo federal, a empresa contratada criará um sistema automatizado integrado a esse sistema do governo, para escrituração fiscal e contábil. Além de criarem softwares para gerenciamento e emissão das notas fiscais do seu negócio.

Cumpra todas as obrigações fiscais

Lembre-se, todas as obrigações fiscais devem ser realizadas dentro do prazo estabelecido pela lei. Estarão passíveis de penalidades civis e tributárias, os empresários que não estiverem em dia com o fisco.

Entenda diferença entre as punições civis e as penais

As punições civis têm como objetivo forçar o contribuinte a pagar os impostos em atraso, aplicando um determinado percentual sobre o valor devido ao fisco. Já as penais são aplicadas em casos de ilícitos tributários, quando fica provado que houve sonegação de impostos.

Em resumo, os contribuintes que não estão em dia com o fisco podem ser submetidos a sansões penais e civis, além de terem os seus incentivos fiscais cassados. Assim sendo, é muito importante contratar uma empresa especializada para encarregar-se das obrigações fiscais e tributárias do seu negócio, evitando dessa forma, problemas com a justiça.

Você precisa de um excelente sistema de gestão para cumprir com todas as suas obrigações fiscais e tributárias. A ID Brasil Sistemas é perfeita para sua empresa, pois ela desenvolve sistemas e apoia o crescimento e desenvolvimento do seu negócio. Entre em contato conosco e conheça nossos produtos e serviços!